Aprender inglês no exterior pode ser um dos melhores investimentos para aprimorar os seus conhecimentos em língua inglesa. Além do aprendizado aprofundado, o intercâmbio é uma experiência insubstituível e uma oportunidade única para viajar, desbravar novas culturas e conhecer pessoas com hábitos e culturas diferentes.

Quer entender mais sobre o tema? Neste texto vamos mostrar tudo sobre o tema! Primeiramente, explicaremos como funciona um curso de inglês no exterior e quais os principais destinos escolhidos pelos alunos. Logo depois, mostraremos quanto os estudantes costumam investir em cursos. Por fim, explicaremos quais os tipos de cursos de língua existentes no exterior e quais são as vantagens de considerar a opção!

Como funciona um curso de inglês no exterior?

Antes de considerar fazer um curso de inglês no exterior, é preciso entender que a estrutura dos cursos estrangeiros é distinta da estrutura brasileira de ensino. Sendo assim, quando você iniciar um curso de inglês em uma escola fora do país encontrará alguns pontos diferentes.

Estrutura não linear

Como primeira diferença a ser destacada, podemos dizer que os cursos de inglês estrangeiros não seguem uma estrutura linear como as escolas de língua brasileira. Isso acontece porque as turmas de línguas não têm um número de alunos fixo. Sendo assim, você pode entrar em uma turma que já iniciou os estudos há um tempo, ou uma turma que está no início das aulas.

O motivo dessa estrutura não linear é que os alunos de inglês das escolas estrangeiras entram em diversos períodos do ano na escola enquanto outros também concluem os seus estudos antes das aulas terminarem. Assim como você, que poderá escolher estudar em um mês específico do ano e de acordo com os seus conhecimentos de língua inglesa.

Aulas em inglês

Outro ponto diferente das aulas estrangeiras é que, diferente de muitas escolas brasileiras em que a professora faz interrupções em português, as aulas serão todas em inglês.

Isso acontece porque, além da professora ser nativa em língua inglesa, os alunos da escola vêm de diversos lugares do mundo para aprender. Sendo assim, a língua inglesa não somente é a ensinada em sala de aula, mas ela também é usada como forma de comunicação entre professores e alunos.

Aulas todos os dias

O terceiro ponto a ser destacado é que, diferente das turmas de inglês brasileiras, você terá aulas de inglês todos os dias da semana. Com isso o seu aprendizado pode ser intensificado uma vez que a carga horária do curso é mais intensa e completa. Sendo assim, é possível escolher ter aulas de manhã, a tarde ou a noite com carga horária de 10 a 30 horas aulas semanais.

Teste de nível

Em muitas escolas brasileiras é comum a aplicação de teste de nível antes de as aulas começarem. A diferença das escolas estrangeiras é que você tem que obrigatoriamente passar por um teste de nível antes de as aulas começarem para ser incluído na turma que melhor se encaixa com o seu nível de língua.

Quais os principais destinos para aprender inglês no exterior?

Agora que nós vimos quais as diferenças entre aprender inglês no exterior e no Brasil, é preciso entender há diversos países em que a língua inglesa é oficial e, portanto, há diversas opções de lugares para os estudantes da língua conhecerem e se aventurarem na língua!

É por esse motivo que neste tópico mostraremos tudo sobre os principais destinos escolhidos pelos alunos de língua inglesa. Apresentaremos 8 países que você pode considerar e quais são as vantagens de cada um. Confira!

1.    Canadá

O primeiro escolhido entre os estudantes de inglês graças a sua segurança, hospitalidade do povo e qualidade de ensino é o Canadá. Além disso, os preços dos cursos no país, se comparados com outros países são mais baixos.

Cada escola tem a sua tabela de preços, porém os valores dos cursos giram em torno de $ 800 a $ 1000 dólares canadenses. Além disso, quanto mais semanas de curso o aluno assina com a escola, mais os valores abaixam. Para saber o valor exato da escola de língua escolhida por você, não deixe de entrar em contato com antecedência para retirar as suas dúvidas. Confira uma pequena lista com opções de escolas canadenses:

  • Kaplan International English;
  • ILAC – International Language Academy of Canada;
  • ILSC – International Language Schools of Canada;
  • Tamwood Language Centers;
  • EC – English Language Centers;
  • UMC – Upper Madison College;
  • Selc Vancouver.

2.    Irlanda

Outro destino muito escolhido pelos estudantes de língua inglesa é a Irlanda. Com valores muito acessíveis e lindos lugares para visitar essa certamente será uma das suas opções. Além disso, ao ter acesso a esse país europeu, o aluno pode ainda conhecer diversos outros países da Europa durante o seu intercambio.

O valor desembolsado pelos estudantes que querem aprender inglês no exterior costuma variar entre R$ 11,400 e R$ 34,500 para comprovação financeira e para pagamento do pacote de curso de língua inglesa. Ele varia somente de acordo com a duração e o tipo de curso escolhido pelo estudante.

    Confira abaixo uma tabela com os valores:  

Tipo de IntercâmbioPreço do Pacote em 2021 + Comprovação Financeira
Curso de Inglês Geral ou Negócios de 2 semanasR$ 11,400
Curso de Inglês Geral ou Negócios de 1 mêsR$ 19,900
Curso de Inglês Geral ou Negócios de 3 mesesR$ 30,700
Curso de Inglês de 6 meses + Trabalho na IrlandaR$ 34,500

Veja abaixo os valores detalhados de cada tipo de intercambio na Irlanda:

Curso relâmpago – Intercâmbio de 2 semanas na Irlanda

Intercâmbio de inglês de 15 dias muitas vezes é para quem quer dar uma praticada ou retomada, ou para alavancar um inglês apenas inicial. Outras pessoas ainda, buscam fazer 2 semanas de curso e querem aproveitar o resto do tempo das férias viajando…

Curso relâmpago – Intercâmbio de 2 semanas na Irlanda

Embora esse curso seja de duração curta, os alunos escolhem essa opção para alavancar os seus estudos inicias em inglês, ou para retomar os estudos na língua. Além disso, a opção é ótima para quem quer aproveitar as férias para estudar.

Investimento total: R$ 11.400

Curso de 2 semanas: R$ 1,800

Estadia 2 semanas: R$ 1,500

Passagem: R$ 3,000

Seguro: Zero. Incluso no pacote caso não vá sair da Irlanda. Se não, R$150.

Visto: Não é necessário. Não é permitido trabalhar

Quanto levar:  € 750

Estudando nas férias – Intercâmbio de 1 mês na Irlanda

Para quem quer ter mais tempo para aproveitar o país e fazer passeios pela Europa, mas tem pouco tempo para viajar, pode ainda aproveitar um mês de férias na Irlanda.

Investimento total R$ 19.900

Curso de 4 semanas: R$ 3,300

Estadia 4 semanas: R$ 3,375

Passagem: R$ 3,000

Seguro: Zero. Incluso no pacote caso não vá sair da Irlanda. Se não, aprox. R$ 400.

Visto: Não é necessário. Não é permitido trabalhar

Quanto levar:  € 1,500  

Vamos estudar para valer – Intercâmbio de 3 meses na Irlanda

Para quem tem mais tempo, uma ótima opção é estudar por três meses na Irlanda. Nesse período, você poderá aprimorar muito o seu conhecimento de língua inglesa, conhecer diversos lugares da Europa e conhecer muitas pessoas novas!

Investimento total R$ 30.700

Curso de 12 semanas: R$ 5,800

Estadia 12 semanas: R$ 10,500

Passagem: R$ 3,000

Seguro: R$ 1,500. Poderia ser zero também se fosse ficar na Irlanda, mas ficando 3 meses por lá certamente você vai dar uma passeadinha em algum lugar da Europa!

Visto: Não é necessário se for ficar até 90 dias. Não é permitido trabalhar.

Quanto levar:  € 1,500 (o obrigatório é 500 euros por mês, mas recomendo levar um pouco mais, se puder – R$ 9,900)

Estude e trabalhe – Intercâmbio de 6 meses na Irlanda (com 2 meses de férias)

Agora, se você pode passar seis meses fora do país, a melhor opção com certeza é um intercâmbio de seis meses na Irlanda. Mesmo que você seja iniciante na língua, você aprenderá muito e voltará para o Brasil com nível muito bom da língua.

Além disso, se você passar seis meses na Irlanda poderá trabalhar no país legalmente e ainda ter dois meses de férias para conhecer diversos lugares e se divertir! A única desvantagem é que você somente pode reservar a sua estadia para no máximo quatro meses, depois disso precisará encontrar outro lugar para morar (como exemplo você pode alugar uma casa com outros intercambistas).  

Investimento total R$ 34.500

Curso de 24 semanas: R$ 9,000

Estadia 1 semana em hostel: R$ 700

Passagem: R$ 3,000

Seguro: R$ 2,500. Poderia ser zero também se fosse ficar na Irlanda, mas ficando 8 meses por lá certamente você vai dar VÁRIAS passeadinhas pela Europa! 🙂

Visto: € 300. É emitido na chegada ao país e você pode usar os 3000 euros que vai levar.

Quanto levar:  € 3,000 (~R$19,800)

Veja uma lista de algumas escolas na Irlanda que você pode escolher:

  • Maynooth University;
  • University College Dublin;
  • University College Cork;
  • Trinity College Dublin, the University of Dublin;
  • University of Limerick;
  • Dublin City University;
  • National University of Ireland, Galway;
  • Letterkenny Institue of Technology;
  • St Patrick´s College.  

3.    Estados Unidos

Esse é um dos destinos mais desejados pelos estudantes de inglês. Isso porque grande parte de tudo o que consumimos em língua inglesa é proveniente dos EUA. Sendo assim, é praticamente impossível estudar a língua e querer conhecer uma rua, cidade ou estado por causa de um filme ou música.

Para quem se interessa pelo país, há diversas opções de cidades para conhecer. Desde aquelas mais calmas, como também grandes cidades como Nova York.

Se você deseja visitar o país por um período longo, pode escolher cursos tradicionais de língua ou ainda participar de programas de Au Pair que costumam ter o investimento aproximado de R$ 24 mil. Agora, se você deseja permanecer por pouco tempo, uma boa alternativa é o intercambio de um mês, com investimento aproximado de R$ 18 mil.

Veja a seguir uma lista com algumas escolas de inglês nos EUA:

  • Global Village;
  • Rennert;
  • NESE;
  • Converse;
  • EC;
  • LSI;
  • WESLI;
  • Solex;
  • LAL;
  • IIE;
  • Intrax;
  • Inlingua.

4.    Austrália

Esse é um dos países favoritos dos estudantes, uma vez que a Austrália é considerada um país extremamente amigável com os estudantes estrangeiros. Dessa forma, você poderá trabalhar e estudar no país legalmente.

Os valores dos cursos de inglês no país variam muito de acordo com a escola, tempo de duração do intercâmbio e tipo de curso escolhido. Como exemplo, se você pretende trabalhar e estudar no país na Langports (uma das mais prestigiadas escolas da Austrália) você gastará cerca de 275 dólares australianos por semana.

A seguir uma lista com nome de algumas escolas de língua inglesa desse país:

  • Abiluty English;
  • ACA (Academies Australasia Institute);
  • APC (Australian Pacific College);
  • Browns;
  • CCEB (Cairns College of English and Business);
  • ELC (English Language Company);
  • ELSIS;
  • English Unlimited;
  • Envirotech;
  • Greenwich English College.

5.    Reino Unido / Inglaterra

Outra opção muito conhecida entre os intercambistas é a Inglaterra. Isso porque o país contem as mais tradicionais escolas de línguas do mundo. Sendo assim, no país há diversas opções de cursos para quem quer passar somente duas semanas ou meses no país.

Dessa forma, os valores variam muito de acordo com o tipo de curso que você escolher e duração. Normalmente, os alunos gastam aproximadamente R$ 12 mil para passar algumas semanas estudando no país.

Veja a seguir uma lista com algumas escolas inglesas para quem quer aprender inglês no exterior:

Anglo Continental. Com mais de 60 anos de experiência no ensino e exames da língua inglesa na Inglaterra, a Anglo-Conti…

  • Ardmore Language Schools;
  • Bucksmore Education / Oxford International;
  • Cass Business School;
  • Cats College.

6.    Nova Zelândia

Esse país pouco escolhido pelos estudantes de língua é uma ótima opção para quem quer trabalhar e estudar. Isso porque, assim como Irlanda e Austrália é possível ao estudante ter um visto de trabalho.

Sendo assim, é preciso que o estudante tenha uma carga horária semanal de 20 horas e permanência pré-estabelecida por no mínimo 14 semanas no país. Além disso, os estudantes podem também escolher por cursos profissionalizantes em sua área, caso seu inglês seja intermediário ou avançado. Os valores dos cursos variam muito de acordo com o tempo de duração e tipo de curso que o aluno escolher.

7.    Malta

Outra opção pouco escolhida pelos estudantes, mas com ótimas opções de cursos é Malta. Esse pequeno arquipélago ao sul da Itália é extremamente bonito e com ótimas praiais.

Sendo assim, se você deseja realizar um curso de inglês, ou passar algumas semanas fora, Malta é uma ótima opção para você. Os valores costumam variar entre R$ 3,500 a R$ 8,600 isso de acordo com a duração do intercambio e com a escola que você escolher.

Veja algumas opções de escolar em Malta que você pode escolher:

  • EC Malta;
  • AM Language Studio;
  • LAL (IELS) Malta;
  • Cavendish Malta;
  • GV Malta;
  • BELS Malta;
  • Sprachcaffe Malta;
  • Internacional House Malta;
  • ESE Malta;
  • ACE Malta;
  • ELA (EX Chamber College).

8.    África do Sul

Por fim, uma ótima opção para quem quer aprender inglês no exterior é a África do Sul. Esse país é uma ótima opção graças ao seu clima, cultura e diversas opções de lugares para visitar.

Para quem planejar ir para a África do Sul é possível fazer cursos de curta duração, ou ainda estudar por mais tempo no país. A cidade em que há mais países é a Cidade do Cabo, uma das maiores cidades do país. Os valores costumam variar entre US$ 220 a US$ 845 para um curso de quatro semanas no país (aqui não estão incluídos valores de passagens, moradia e alimentação).

Veja aqui algumas opções de escolas no país:

  • LAL Language Centres;
  • IH Cape Town;
  • EC Language Centres;
  • GHS – Good Hope Studies.

Quais são os tipos de cursos que você pode escolher?

O curso mais comum de idioma no exterior é o de inglês geral de curta duração, ou seja, pessoas que vão estudar de 2 a 12 semanas aproveitando um tempo livre para dar aquele gás no inglês.

Outra opção, são os cursos de inglês de negócios em que você aprender o idioma com um foco em alguma especialidade profissional, como administração, saúde, engenharia e assim por diante.

Além disso, existe a opção fazer um curso e trabalhar no exterior ao mesmo tempo. Os destinos mais famosos para isso são Irlanda, Austrália e Nova Zelândia. A Irlanda é o mais comum pois oferece a opção mais barata, com visto mais barato e um intercâmbio mais longo, de 8 meses. Nesse tipo de curso, você terá acesso a trabalhar por tempo limitado, usualmente como “part-time”, ou seja, 20 horas por semana.

Todos estes tipos de curso de idioma no exterior tem a mesma dinâmica que comentei inicialmente, são contínuos e tem dependem de teste nível para saber a turma que você enquadrará. Existem opções para menores de idade e também para maiores, até mesmo para maiores de 50 ou 60 anos.

Por fim, existem cursos de inglês no exterior que você pode conciliar com alguma outra atividade. Um deles é o Summer Camp, que é focado em férias de adolescentes e conciliam o estudo com outras atividades recreacionais. Outra opção é o intercâmbio Work & Travel, em quem jovens adultos podem trabalhar, passear e estudar. Além destes, existem opções como Intercâmbio de Família, programas de Au Pair, entre outros.

Quais as vantagens em aprender inglês no exterior?

Ao longo dos tópicos anteriores vimos tudo sobre aprender inglês no exterior. Desde as diferenças entre os cursos brasileiros e os estrangeiros, como também quais os países, escolas e valores dos cursos no exterior.

Neste tópico apresentaremos algumas vantagens para quem ainda está em dúvidas em sair do país para aprender. Desde benefícios para a sua carreira, como também oportunidades para turbinar o seu aprendizado. Confira.

Melhorar seu currículo

A primeira vantagem de sair do país para aprender inglês é que os empregadores valorizam muito esse tipo de experiência no currículo. Logo, aprender inglês fora do Brasil pode ser uma ótima chance de turbinar o seu aprendizado e assim ter mais oportunidades no mercado de trabalho.

Conhecer novas culturas

É inegável que aprender uma nova língua sempre te colocará em contato com uma nova cultura. Porém, quando falamos de ir até um país em que a língua é falada, estamos intensificando ainda mais a sua experiência com a cultura. Isso porque você estará em contato direto com as comidas típicas, com a rotina e com as pessoas que usam o inglês para se comunicar o tempo todo.

Turbinar seu aprendizado

Da mesma forma que sair do país te colocará em contato intenso com uma cultura diferente, também é possível turbinar o seu aprendizado de inglês. Isso porque, durante o intercâmbio a língua será a sua forma de comunicação com outras pessoas, além das aulas de língua, você precisará exercitar o seu inglês o tempo todo, seja para pedir uma comida em um restaurante ou ainda conversar com seus colegas de classe.

Estudar nas melhores universidades

O Brasil tem ótimas escolas de língua e universidades. Mesmo assim, você poderá ter acesso a outras universidades e escolas de renome ao redor do mundo. Com isso, você terá acesso a ótimos professores e também poderá usar a experiência em seu currículo brasileiro. Como exemplo, na Inglaterra, caso você escolha um plano de intercâmbio acadêmico, é possível escolher universidades renomadas como a Universidade de Oxford.

Ao longo deste texto vimos tudo sobre como aprender inglês no exterior. Primeiramente, mostramos como funciona um curso de inglês estrangeiro. Logo depois, apresentamos os países mais escolhidos entre os estudantes de inglês e quais valores é necessário investir para estudar fora. Posteriormente, mostramos quais são os tipos de cursos disponíveis e, por fim todas as vantagens de estudar inglês fora do Brasil.

Interessando em Estudar Inglês no Exterior? Use nossa calculadora abaixo para simular opções e valores!